Desde interiores de igrejas clássicas até arranha-céus de última geração, os estilistas (de alta costura) costumam inspirar-se na arquitetura. Uma compilação do My Modern Met colocou de roupas e influências arquitetônicas lado a lado.

Estas aproximações da alta costura incluem proporções exageradas e ângulos, com atenção especial à construção e às formas. Para criar um olhar tridimensional, arquitetônico, tecidos são muitas vezes manipulados através de plissagem, dobramento e camadas, a fim de construir o efeito final.

“A alta moda inspira-se em todas as fontes, desde o mundo natural até a arte. Mas talvez não haja melhor sinergia do que entre designers de moda e arquitetos. Enquanto a arquitetura nos dá os espaços onde vivemos e trabalhamos, a alta costura é construída para nos dar a arte de vestir”, afirmou o site.

Seja o trabalho contemporâneo de Frank Gehry para Balenciaga ou os detalhes delicados da arquitetura árabe para Chloé, cada designer interpreta sua inspiração arquitetônica para atender seu estilo individual. Entre as marcas que incluíram acentuados.

Veja as fotos Clicando aqui.

Fonte: www.virgula.uol.com.br

Responder