Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo com a colaboração de uma marca Sueca tem como alvo a moda personalizada.

O Coded Couture (Costura Codificada), projeto assim chamado pela dupla Google e a marca Ivyrevel, se baseia em coletar dados dos mais íntimos das pessoas, como medidas, lifestyle: lugares que frequentam, atividades que exercem no dia a dia, tempo gasto em suas ações (resumindo como você vive sua vida), e então criar roupas únicas e personalizadas para cada qual, e tudo isso por um aplicativo. Acreditando que a moda pode ampliar sua personalidade e aumentar sua confiança, foi desenvolvida essa tecnologia que permite a comercialização da singularidade através das roupas, em um cenário que encontrar algo único para vestir pode ser difícil ou inacessível.

Google Coded Couture
Google Coded Couture’
Google Coded Couture
Google Coded Couture

Operado por coleta de informações através do Snapshot API e do Awareness API que foram introduzidos no Google Developer I/O, foi feito o Data Dress (Vestido de Dados), projetado e costurado de acordo com os dados colhidos e especificamente no determinado estilo pessoal. O vestido inteligente não possui o tipo de tecnologia incorporada que opera através de microcontroladores com sensores ou leds, em vez disso é criado por tecnologia inovadora que o torna uma peça das mais íntimas que possa ter, trabalhando lado a lado a um aplicativo que o Google e a Ivyrevel testam atualmente.




Google Coded Couture
Google Coded Couture

Google Coded Couture

Google Coded Couture

 

Apesar de não estar disponível o Google está oferecendo a todos a oportunidade de participar de futuros testes e testes do aplicativo que será lançado ainda este ano. Você pode tentar participar acessando: Coded Couture

Estima-se que os vestidos personalizados serão vendidos em torno de 99 dólares.

É instigante possuir um vestuário criado especificamente para nós, ainda mais com tamanha acessibilidade. A tecnologia agregada a moda prova que estreitará cada vez mais a nossa relação com o que vestimos.

Fonte: http://divaholic.com.br

Responder